BRANDLEAGUE

Nós criamos nomes de marcas – para marcas institucionais e produtos – que:
• agradam, inspiram e conectam;
• evocam as imagens desejadas, destacam as principais mensagens, e desencadeiam estórias;
• são bonitos, originais, inconfundíveis, fáceis de lembrar, e podem ser registrados.
• facilitam a entrada no mercado e a gestão de marcas.

Linguística e culturalmente adequados
Os mercados tornaram-se globais. Marcas precisam funcionar bem em diferentes culturas. Nomes de marcas em Inglês não são a única resposta ou mesmo a resposta apropriada. (“Nova” em Inglês é o nome de uma estrela. É apropriado para um carro até que você tente vendê-lo na América Latina. Porque em espanhol “no va” significa “não vai.”)

Izai Amorim é poliglota e tem uma rica bagagem cultural. Ele garante que os nomes que criamos são linguística e culturalmente apropriados.

Inconfundíveis – também na Internet
Marcas precisam de domínios. Nós criamos apenas nomes para os quais possamos garantir o registro do domínio.

Proteção por meio de registro de marca
O objetivo final é o registro de marca nos Institutos Nacionais da Propriedade Industrial dos respectivos países onde a marca deverá ser usada. Para atingir esta meta trabalhamos juntos com o seu advogado de marcas e patentes. Se você não tiver um: Nós conhecemos escritórios de advocacia de renome em Munique que podem ajudá-lo.

Facilitar a entrada no mercado e a gestão de marca
Um nome de marca adequado à empresa ou ao produto facilita tanto a entrada no mercado quanto a gestão de marcas. Vendas e gestão de marcas não são tarefas contraditórias. Ambas partilham o mesmo objetivo: gerar receitas e lucros.